poesia

Pelo Oeste (Into the west – Annie Lennox)

Repouse
Sua cabeça frágil e cansada
A noite esta começando
Você chegou ao fim da jornada

Durma agora
E sonhe com os que vieram antes
Eles estão chamando
Das praias distantes

Por que você chora?
O que são essas lágrimas no rosto?
Logo você verá
Que todo esse medo passará…
Seguro em meus braços
Você apenas dorme

O que você consegue ver
No horizonte?
Por que a gaivota branca canta?
Através do mar
Uma lua pálida se levanta
Os navios vieram
Para te levar para casa

E tudo se tornará
Em um vidro prateado
Uma luz sobra a água
As almas passarão

A esperança se apaga
Em um mundo de noite
Através das sombras caindo
Fora da memória e do tempo
Não diga…
Nós chegamos ao fim…
As praias brancas estão chamando
Eu e você, nos encontraremos novamente
E você estará nos meus braços
Dormindo

(Chorus)

E tudo se tornará
Em um vidro prateado
Uma luz sobra a água
Navios cinzas passam pelo oeste

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s